Surpresa

“Mãe solteira”: o tabu de namorar depois dos filhos

Contato mães solteiras 61315

Mother-child relationship: conceptual and historical reflections in the view of psychoanalyisis and psychic transmission between generations. Universidade Federal do Amazonas. Endereço para correspondência. Através do exame conceitual sobre a maternidade a contextualizamos como objeto sóciohistórico que se modifica no tempo-espaço da cultura.

O auxílio chega em cota dupla para mulheres que são responsáveis pelo sustento da família

Esses dias perguntamos no nosso perfil no Instagram blogjustrealmoms o que nossas seguidoras gostariam de ler aqui no blog. Quando se tem filhos, na maioria das vezes, os pais naturalmente se dividem de acordo com suas próprias personalidades: um acaba sendo mais mole e bonzinho e o outro faz o papel do mais rígido. A psicóloga e escritora Dra. Olga Tessari. É preciso cuidar de si, tem que ter tempo de ir ao cabeleireiro, ler um livro, sair, copular novas pessoas, se relacionar e mesmo assistir novela. Os filhos têm que ser criados para ter independência e o filho mais velho nunca deve ser tratado como o pai dos menores, caso a mulher tenha restante crianças em casa.

Os critérios os medos e a aceitação dos filhos pelo novo companheiro

Aquela certeza que sussurra baixinho dentro de si. Por que ainda é um tabu namorar depois dos filhos? Nem sempre no corpo, mas fica a marca. Sabe cozinhar, limpar, adivinhar se vai chover. Vira a chata e a cansada.

Leave a Reply

Your email address will not be published.